Dicas para tirar fotos de imóveis

Fato! Não importa o produto que está vendendo, a primeira impressão é a que fica. Com imóveis não é diferente! 

Pré-Compra e Pós-Compra

Pesquisa realizada em 2015 apresenta dados que demonstram o impacto da internet na fase de pré-compra. Descobrir, pesquisar e localizar marcas, produtos, serviços e lojas online representa de 60% a 70% das pesquisas em sites, redes sociais e buscadores como o Google. Os canais online, como o Facebook e Whatsapp, também são amplamente utilizados pelo consumidor brasileiro para expressar as opiniões de pós-compra, tanto as positivas quanto as negativas (70%).

Sem sair de casa

Com tanta comodidade é possível visitar um imóvel sem sair de casa. É nesta situação que devemos ter cuidado com um detalhe de extrema importância quando se trata de um anúncio imobiliário: as fotos.

Pensando neste quesito é que separo algumas dicas para que seu imóvel possa ser apresentado com todo o cuidado e desperte o real interesse naquele comprador em potencial. São:

  1. Organização
    Não tire fotos de objetos pessoais e pessoas posicionadas no ambiente que está sendo fotografado.
  2. Escolha o melhor horário
    Para ter um melhor aproveitamento da iluminação natural, escolha entre dois períodos para tirar suas fotos: das 09h às 11h e entre 14h às 16h.

    Lembre-se de abrir todas as portas e janelas, para que o imóvel possa ter uma harmonia na iluminação.

  3. Utilize a regra dos 4 pontos
    Se posicione nos quatro cantos do ambiente, para que possa tirar ao menos 4 fotos com visões diferentes. Desta forma terá como escolher a melhor foto dentre as quatro.
  4. HDR – High Dynamic Range
    É um método utilizado em fotografia que está ativo em diversos smartphones. Consiste na sobreposição de fotos para a correção da iluminação. Um exemplo: você está em um imóvel, em um ambiente de frente para a janela com muita luminosidade. Nesta situação, a foto tende a ficar com um clarão, um branco forte ocasionado pela luz intensa. O HDR corrige a iluminação dinamicamente, fazendo com que você tenha um alcance de luz mais adequado. Caso seu smartphone não possua a função HDR, há diversos aplicativos que podem ser baixados e auxiliar da mesma forma. Consulte as lojas virtuais do seu smartphone, iOS ou Android.
  5. Lentes para seu smartphone
    Diferente das câmeras semi-profissionais ou profissionais,  o smartphone não possui uma lente angular, que são aquelas lentes que permitem capturar um ambiente com maior amplitude. Para isso, hoje encontramos lentes angular para smartphone, permitindo a captura de forma similar de uma câmera fotográfica tradicional.
  6. Imagens horizontais
    Prefira capturar ambientes no formato paisagem (horizontal). Este formato permite que seu campo de captura se torne amplo. Outro motivo para preferir este formato, quando você inserir sua foto em portais e classificados imobiliários, normalmente a foto é dimensionada para o padrão do site. O que faz a foto vertical, em algumas situações, ser reduzida e impactando na apresentação.
  7. Quantidade de fotos
    Pesquisas apresentam dados que, anúncios  que possuem entre 11 e 19 fotos geram 33% de contatos a mais. Ótimas chances de fechar negócio! Já anúncios com zero a 5 fotos geram 47% de contatos a menos.

Gostaria de saber mais sobre como melhorar suas fotos? Aprender a tirar fotos profissionais de seus imóveis… Ministramos mini-cursos para profissionais do setor imobiliário. Entre em contato e saiba mais!

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn